4 erros de gestão que podem arruinar sua empresa, cuidado!

Há uma série de fatores que interferem negativamente no desempenho e na rentabilidade de uma empresa, principalmente, para aqueles que estão começando um negócio. Um dos maiores erros dos microempresários é apostar no achismo. Onde os empreendedores acabam fazendo erros de gestão sem buscar orientação externa, e quando os resultados não são bons,  ficam procurando desculpas para seus erros. 

Para evitar prejuízos para os negócios, listamos neste artigo os principais erros de gestão que podem arruinar a sua empresa. Continue lendo para evitar e corrigir erros desnecessários:

1- Não ter registro financeiro das operações

Todas as transações, desde a compra de clipes de papel até a aquisição de novas máquinas, devem ser registradas de maneira correta para, ao final de certo período, poderem ser analisadas.

Inevitavelmente, gerenciar uma empresa envolve muitas operações financeiras: compras, vendas, pagamentos, etc. Se você não encontrar um sistema claro e objetivo para registrar todas essas operações, é muito provável que você perca o controle das finanças da organização e coloque em risco a saúde financeira do negócio. Sim, sem exageros: Todas, absolutamente todas as operações precisam ser registradas.

Mantendo um registro desde as pequenas transações, você será capaz de gerenciar facilmente seus livros contábeis. Você verá o quanto isso será importante à medida que sua empresa for crescendo e o número de transações financeiras também.

2-Fazer empréstimos sem ter um plano de recuperação

Se a empresa não consegue pagar as despesas operacionais com as receitas da operação, é preciso mudar/rever o plano de negócio. Não confundir despesas operacionais com investimentos;

Fazer um empréstimo para apagar incêndios ou pagar custos operacionais sem ter um plano de ação para recuperar o dinheiro é muito perigoso. Se não tomar cuidado, você pode acabar se endividando ainda mais e comprometendo todo o faturamento da sua empresa.

3-Não estabelecer metas e prazos

É muito tentador não estabelecer metas quando se é dono de um negócio. Mas as metas e prazos são forças motrizes que impulsionam a sua microempresa. Então, não cometa o erro de cair na zona de conforto e estabeleça objetivos claros para você e para seus funcionários. 

E claro, faça o acompanhamento do início à finalização. As despesas têm data fixa para pagamento. O atraso de uma tarefa pode atrasar o recebimento de uma receita e prejudicar o fluxo de caixa da empresa.

4-Não possuir um sistema de Gestão

Não controlar as finanças e demais áreas da sua empresa de forma adequada é um dos erros mais graves que um microempreendedor pode cometer. É fundamental que você saiba de onde o dinheiro está vindo e para onde ele está indo, afinal, só assim será possível identificar erros e oportunidades com agilidade e tomar decisões estratégicas.

Você precisa ter o controle de todos os dados do seu negócio, e gerenciar todas as informações não é uma tarefa muito fácil. Por isso, utilizar essa ferramenta facilitará a administração organizada da sua empresa.

Uma plataforma de gestão pode promover para sua empresa, de forma rápida e eficaz, o poder de automatizar pequenas atividades do dia a dia que garantem os resultados do plano de negócio, possibilitando uma visão em  tempo real dos indicadores operacionais da empresa. Conte com a SPVarejo!


 26 Total,  3 Hoje

Gostou do Post? Compartilhe 🙂